quinta-feira, 1 de julho de 2010

"O peso da palavra bulimia"

"Imagine uma nova história para sua vida e acredite nela."
Paulo Coelho
A um dia seguiu-se esse diálogo na sala de minha casa:

Meu irmão: Lembra Lady quando você era gorda?!
Eu: Mas ainda estou gorda!
Meu irmão: Você é sequelada... Você esta muito bem assim! Eu comentei com uma colega minha sobre suas crises de vômito...
Eu: Ok me deixe assistir...
Meu irmão: Você não gosta de falar disso né?
Eu: (silêncio)
Meu irmão: Você sabe que você é guerreira, conseguiu emagrecer, esta bonita, tem um namorado...Eu imagino como é ter essa doença, vômitar sem parar e ainda dar a volta por cima.............Vou subir, tenho que dormir! Tchau, boa noite!
Eu: Boa noite!


Por que me torturam? Eu não venci porra nenhuma, eu tenho problemas talvez ainda maiores que os de antes...Porque qualquer pessoa se recusa a falar a palavra bulimia, talvez por ser uma palavra de força, por medo que ela volte sem se dar conta de que ela mora em mim.
Não estou magra porque mentem?

Nenhum comentário: