terça-feira, 7 de julho de 2009

Caraca....


Quanto tempo sem vir aqui, sem ao menos dar o sinal de que ainda estou viva. Pois é! Estou com 60 kg, passei no endocrino e ele me falou que estou magra - cúmulo - sem contar os dias que passei sem miar, ou sem fazer dieta, estou viciada em derivados de anfetamina, sendo movimentada por ela, isso mesmo.
Me sinto péssima em relação ao meu corpo, aceitação continua difícil, tenho fingido ser uma pessoa "normal", mas só concluo que é impossível encontrar o lugar certo para me afugentar da realidade. Mediocremente tenho sido mais calma e sã, infelizmente também. Querem saber cansei nada mais me surpreende.
Briguei com minha irmã mais velha, não há mais paciência para que eu consiga lidar com tamanha infantilidade, basta meus conflitos, decidi que o melhor é ser a ovelha fora do rebanho, que corre na direção contrária e não acredita que o pasto é um lugar feliz, cortei relações e apartir daqui sera assim se não tem nada a acrescentar na minha vida pra mim não existe.
Estou a um passo da facul, espero ter sorte, estou estudando para o vestibular, o curso é Enfermagem - puts... mudei o curso, isso mesmo continuo volúvel - estou muito feliz em relação a isso.
Fora minha negligência proposital, a coisa que esqueço pois quero esquecer, aquilo que não fiz pois não quis fazer e pessoas que mesmo vendo finjo não ver, talvez isso faça grande parte dos meus problemas
As vezes me pego com vontade de acabar com tudo, de me jogar no canto e esperar a morte chegar ou talvez quebrar todos os pratos e colheres ou até jogar todo refrigerante no ralo da pia, ai vejo que sou uma louca e prefiro ser louca, pois a felicidade consiste em levar a vida da pior forma possível e que estamos presos a paradoxos horríveis.
A conclusão para tudo isso é: Sou doente, minha doença me faz "satisfeita", não consigo parar de vômitar, mesmo que eu lute com muita força, todas as vezes que tentei parar só conseguir voltar com mais força e é assim... Estou aqui novamente naquele mesmo recomeço, o importante não é lembrar a queda mas ter forças para levantar e talvez cair denovo x.x