sexta-feira, 1 de maio de 2009

Talvez eu pudesse...


Acho que talvez eu poderia parecer ao menos normal, mas a única coisa de que sou capaz é de me sentir infeliz mesmo nos momentos mais felizes. Quantas vezes não me vi sentada chorando por conta de algo que seria fútil ou sem razão para outro alguém, mas que para mim fazia todo sentido, e que alimentava minhas ânsias da vida.
Tenho sido apenas mais um lixo humano no mundo, em busca de algo quase impossível, tenho me esforçado, as vezes julgando-me com a razão jogado o esforço pela janela e depois o único sentimento eminente é o de revolta por ter que recomeçar do zero ou talvez do meio, quando seria mais que capaz de ir além, mas.sem forças, sem amor próprio.
Como posso amar a mim mesma se sou eu o único motivo da minha destruição, não sei como me sentir digna, pois sei que mesmo tentando ser não sou.
Queria poder sentar no canto e chorar sozinha, mas nem isso sou capaz, tenho que vir aqui e derramar aquilo que tanto me aflinge, a repulsa e revolta por não ser capaz de ter controle, de ser fraca e gorda, por não conseguir colocar uma calça 34 e ser feliz, por ter vergonha de ir a praia e ter nojo de olhar as fotos do passado com uma fobia imensa de voltar a ser aquilo.
Um ser monstruoso capaz apenas de causar dó e revolta daqueles que me cercavam, definitivamente hoje eu vejo eu me destruia e era feliz. Até me dar conta de que eu era aquilo, afinal monstros acham-se normais até dar de cara com seres normais, então ele decide que quer ser normal, dói tentar, o caminho é duro, tortuoso, nem todos te apoiam ou estão ao seu lado ajudando e isso dói pensar que possa ser só você no mundo, e que a luta é constante.
Hoje acho que preferia morrer, talvez o mundo seguisse indiferente a mim!!! 

5 comentários:

Pucca disse...

Ohh flor, calma tudo vai da certo tenho certeza

ahh, vou priva meu blog entao por favor me passa teu e-mail ;))

psicoanna disse...

Relaxa garota,
respira fundo, morrer não é a solução, ao contrário, vai deixar um vazio imenso.

Bjokas e força.

desconhecida disse...

oie
se vc morrer,o mundo n segue indeferente,pq somos unicos,ninguem vai chegar e ocupar seu lugar...i´ra ficar um vazio!!!!
levante essa cabeça retome as forças e lute,continue sua caminhada rumo a sua felicidade,ela está em algum lugar esperando q vc a ache
bjos

anna4ever disse...

amooor!
tudo vai dar certoo, eu pensei na morte tbn, mas ela não é a solução pra tudoo! pense bem...

força mta forçaaaa!

longe das gordurinhas disse...

é extremamente importante, que nãoolhes para o seu semelhante, que feche os olhos e sinta que tu és e o que quer, e sigas a vida assim, pois aqueles que te amarem, seguiram-a de qualquer forma, com qualquer ideais.. é fundamental portanto, descobrir antes que tu és, para depois ver o que quer, e por ultimo apontar quem '[e o não normal.
e por experiencia propia, nem sempre ser igual aos outros é que te fará feliz.