segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Espírito de coisas novas...


Tenho comido como um elefante, não engordei, pelo menos tento me enganar achando isso pois tenho certeza que estou sim mais gorda, apesar das calças estarem ainda entrando me sinto um poço de banha, tenho tido crises constantes de choro e fui parar no hospital com inflamação na garganta, a grande questão foi a seguinte: Por que ela esta com dor na garganta se não há motivos!
Eu digo qual é o motivo, vivo a enfiar meu dedo na guela e isso ta se tornando constante e doloroso é simples e fácil ou seria se eu fosse corajosa o sulficiente para contar a todos o que faço...
Tenho tentado ser forte notei que sou sim forte mas que preciso de um mar de tristeza para ser mais forte ainda...
Será que nunca tera um fim?!Nunca serei capaz de permanecer um dia se quer sem me preocupar com as calorias que ando consumindo, ou não chorar após ter comido e corrido para o banheiro para que eu possa vomitar?!
Não a resposta é NÃO, nunca serei capaz de me abster deste vicio cruel, que me faz enlouquecer a cada dia, sem dó ou piedade de meus limites físicos, sigo a judiar do meu corpo e também de minha mente o que é pior. Enlouqueço cada vez mais e mais, tentei ser uma garota "normal" e comer o que me desse na telha e o resultado de tudo foi simplismente sessões de vômito no banheiro mesmo contra minha vontade.
Quero começar uma dieta e ir até o fim com ela, perdi alguns quilos e estou desleixada preciso permanecer em minha trilha, e isso eu não tenho feito, é duro mas serei capaz...

segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

Decidida muita mais que apenas determinada!!!


Quero sim, vou mudar, estou decidida disto, o que tenho feito de minha vida?! Apenas descuidado de minha dieta pois estou tão feliz que pareço entorpecer e esquecer do meu tão sonhado objetivo, fazem quase dois meses que estou tripidando e adivinhem agora estou com 58,5kg, gorda inútil, quero e vou emagrecer, mais que isso preciso emagrecer, é mais que apenas necessário e decidi que manterei minha dieta abaixo das 200cal por dia está tudo esquematizado...
Bom estava com pouco tempo mas agora estarei por aqui novamente, preciso muito deste blog ele tem me ajudado muito, quero e vou continuar aqui compartilhando experiências e confissões podendo simplismente confiar em minhas iguais, somos mais que apenas parecidas, somos parte de um clã, de uma família, me sinto segura e protegida ao vir aqui poder contar o quanto tenho sido fraca e desmotivada, sinto-me bem pois sei que somente aqueles que vivem o mesmo drama são capazes de pensar de uma forma diferente, quero que saibam que não somos monstros mas apenas o alvo deles. Preciso de ajuda!!!!
QUERO SER THINSPO!!!

quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Trabalho, dieta e afins

Estou cobrindo as férias da minha irmã no escritório, isso não é muito interessante, mas tenho me esforçado para continuar.
A novidade é simples me sinto gorda, inchada e horrenda mas hoje quando subi na balança(subi em três diferentes) descobri que não engordei nem emagreci uma grama se quer (as variações foram de no máximo 200 gramas).
Tem algo em mim que não me deixa feliz nunca, um tupor imenso, que cada vez mais se solidifica me fazendo permanecer sempre como um ser insensato e cruel, quero fazer as pessoas felizes mas por mais que me esforçe sei que é uma missão díficil.
Temos um trabalho no curso de ADM, cujo nome é ação solidária, ache interessante me sentir útil, pois daremos presentes para crianças da periferia e isso me anima, saber que farei alguém sorrir e depois esta pessoa não terá tempo de me conhecer e descobrir que só faço coisas insanas e extremamentes nocivas, gostei da idéia de ser solidária sem ter que mostrar o lado do sentimento...
Tenho que pedir muitas desculpas, a falta de tempo tem me obrigado a abrir mão do que mais gosto de fazer que é falar com vocês através dos meus post, outro fator de extrema importancia é que meu namorado tem sido de essencial importancia em minha vida, ele tem me ouvido muito e tem me ajudado naquilo que ele pode, acabo desabafando para ele e esqueço das pessoas que tanto teêm me ajudado, pormeto que não serei capaz de esquece-las nunca.
Estou de tpm, super anciosa e super inchada, tô me odiando, a vontade insesante de mastigar algo muito doce, tenho me controlado porém creio que só de pensar ja estou falhando, sou forte e podem ter certeza mais do que a maldita comida e sua calorias...

sábado, 6 de dezembro de 2008

Simplismente 18

Acho que não sou a melhor pessoa para verbalizar a felicidade, pois ela é exatamente o oposto daquilo que realmente sinto por estar completando 18 anos.
Se por acaso fizesse um retrospecto de minha vida saberia que este não é com certeza meu pior aniversário, mas que o peso que ele carrega me faz sentir-se inútil e desprovida de proteção, se em algum momento de minha vida foi colocada em um lugar seguro com certeza não é agora.
Queria ser como outras meninas e me sentir feliz por estar completando mais um ano de vida, mas só posso dizer que completo simplismente mais um ano de estupor, malogro e infelicidade...Infelicidade não com as pessoas que me cercam mas comigo mesma por não ser capaz de entender o que é necessário a mim mesma, por não ser capaz de ser feliz com minhas conquistas e por não ser boa o sulficiente para aqueles que me cercam.
Me sinto simplismente com 18 em busca de uma vida minimamente digna, de inteligencia, de paz, de tudo que me faça melhor para os outros e para mim mesma

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

Simplismente Definhando

Não perdi nenhuma calça ao contrário, minha mãe tem tido que apertar todas, vou trabalhar no lugar da minha irmã e estava sem calças que servissem, porém tem um medo que esta me atormentando o de ter engordado, estou com medo de subir na balança e descobrir que ainda não perdi nada que andei ganhando.
Ontem foi um fiasco, comi carne novamente e minha consciência me atormenta, pq falar que não come carne se a primeira oportunidade resolve descumprir seu próprio acordo, MERDA...
Vomitei espopntaneamente novamente após ter ingerido maionese e churrasco, foi a confirmação de que me organismo esta fragilizado e o pior foi ouvir minha irmã me falar que não passo de uma bulemica...
Estou exausta deste teatrinho que sou obrigada a cumprir, ontem o churrasco foi porque os cunhados dela que moram em Portugal vieram para cá e ela uma preguiçosa resolveu fazer churras...ok.
A descontrolada, gorda, obesa, compulsiva como sempre acaba tentando paraecer normal e sempre acaba se fudendo....
MERDA...
Me odeio por tudo que faço!!!