domingo, 26 de outubro de 2008

Muitos criticam nossa maneira de ser, sem ao menos pocurar respostas do porque somos assim...

Me privo de comer simplismente pelo fato de que é a única coisa que me faz se sentir dona do meu eu. Sei que não sou perfeita, estou buscando algo, que, sei, não sera alcançado, afinal a PERFEIÇÃO é algo ilusório, mas não me desanimo, sou uma psicótica e me afudarei até meu limite.
Me sinto feliz por estar sem comer, consigo me sentir superior por instantes, por saber que tenho o controle em minhas mãos e que mesmo que as vezes o perca consigo recupera-lo.
É desesperador quando por instantes me pego como um monstro que precisa se alimentar pois sabe que passara o inverno sem ter comida e quando recupera o auto controle acaba recorrendo ao método mais humilhante da Terra, se curvando ao lugar mais próximo e eliminando tudo aquilo que faria mal, usando os dedos, o cabo da escova ou o objeto mais próximo.
Como um viciado, que chora se sentido frustrado, me torno um monstro, violenta, compulsiva uma pessoa fora do normal, que parece pensar em coisas fúteis, mas que na verdade é apenas alguém tentando se superar, tentando parecer melhor.
Como se não bastasse, tenho um grande vazio dentro da alma que por mais que tente tampar peranecerá aberto, um vazio sem presendentes. Minha saída antes era comer, porém, agora é eliminar quilos, isso faz amenizar a grande dor do vazio, parece que tenho a rédias da minha vida em minhas próprias mãos e sinto o poder vibrar em mim, sinto que agora posso ser o que bem quiser e que posso mostra a todos aqueles que um dia me chatearam o quanto sou poderosa, mostrando também que sou capaz.
Não quero um corpo deformado, como um dia tive, vivendo uma vida deprimente, sendo zombada e humilhada, com 82 kg eu não era feliz, é triste ser tachada de Gorda e não se encaixar nos padrões, é triste ter como referência a palavra gordinha, é triste se olhar no espelho e esta infeliz, só quem passa por isso sabe, sei que ainda não sou realizada, e pra falar a verdade nem sei porque e quando exatamente me juntei a ANNA e MIA, mas garanto sou mais confortada hoje me sinto segura com minhas iguais, pois sei que enquanto eu estiver disposta a emagrecer a ANNA e MIA estarão ao meu lado, me moldando devagar, sei que não acontecerá um milagre e tenho consiência do meu TA, meu diagnóstico: Anorexia bulêmica, ja fiz tratamento,é até doloroso falar disso abertamente, é difícil aceitar que um jeito de viver possa ser uma doença.Sei também que não sou capaz de abandonar essa vida pois por mais que não pareça isso me faz bem, e sinto mais segura e confiante quando consigo eliminar quilos e mais quilos.
Minha mãe hoje acha que estou curada, não fala mais no assunto, e procura me apoiar nas minhas decisões, acho melhor assim.
Quis falar sobre isso hoje, pra que saibam um pouco mais como me sinto, ter vocês aqui é ótimo pra mim, é confortante, lendo os blogs, vejo o drama de cada uma, sei que muitos dizem que somos fúteis, mesquinhas e Patys que não tem o que fazer, mas não sabem o que ja sofremos em nossas vidas não sabem o porque chegamos até aqui, não procuram entender o que queremos suprir com nosso TA, é dificil entender nosso universo é complicado demais. Sei o preconceito que uma Bulêmica ou anorexica sofre na sociedade, por isso não nos abrimos, é exatamente por isso que criei este blog, quero poder falar sem ter censuras, agora sei que esse blog não é lido só por Annas e Mias e quero que saibam TODOS TEMOS PROBLEMAS, NINGUÉM É NORMAL cada um com seu problema, mas temos que aceitar é inerente do ser humano ter algo onde possa descontar suas frustrações, existem muitas pessoas viciadas algumas pessoas por sexo, outras por drogas no meu caso é emagrecer e não vejo mau, não estou machucando ninguém.
O respeito é tudo que peço!!!
NÃO FAÇO APOLOGIA
Vivemos em um mundo com liberdade de expressão e acho deprimente que percam tempo agredindo alguém que não conhece, meu e-mail permanecerá ali →
não vou tira-lo e vou dizer mais: criticas me deixam mais animada. Ao babaca que me agrediu _!_ FUCK YOU!!!
BjO Girls!!!
"Bom começo de semana"

Um comentário:

psicoanna disse...

Oi, querida, é dificil msm as pessoas entederem, talvez se estivessemos de fora tb achariamos horrível. Eu tb já fui mto gorda, pesei 77kg e me lembro de como me odiava, mas tb achava menina magra d+ horrível, hj adoro.
A vida é assim, oq importa é q vc vai sempre ter pessoas pra te ajudar aki.

Bjos e mta força